Ministro Abraão Vicente ameaça jornalistas com despedimento

Ministro Abraão Vicente ameaça jornalistas com despedimento

by -

O Ministro da Cultura e Indústrias Criativas, Abraão Vicente, deu indicações de travar uma campanha de perseguição e intimidação a jornalistas que considera conservadores numa nota que publicou na sua página de Facebook em 1 de Março currente.

A mensagem foi recebida com um forte oposição dos jornalistas. Margarida Fontes, jornalista e apresentadora da RTC, respondeu à tentativa de Vicente de instrumentalizar o sector público da comunicação social com uma retundante e veemente mensagem.

Embaixo segue a nota de Abraão Vicente e a resposta de Margarida Fontes publicadas no Facebook.

Abraão Vicente

“A RTC é um Empresa Pública de Comunicação Social. O Jornalismo e a informação são apenas uma parte muito pequena desse negócio. Os conteúdos são tão essenciais a um canal público como a informação.

Durante anos a RTC esteve condicionada aos pré- preconceitos ligados à intervenção da tutela. Isso mudou. A RTC mudou. No jornalismo e qualidade do jornalismo/informação ninguém mete, mas no modelo de negocio da empresa as linhas diretrizes são claras: criar conteúdos, internacionalizar a marca Cabo Verde, internacionalizar os criadores e os produtos cabo-verdianos. É nisso que estamos a trabalhar afincadamente.

O carnaval de Mindelo é um produto Gold para a RTC e por isso mesmo a empresa esteve presente e esteve à altura. Sob a tutela do MCIC a RTC vai cumprir o seu verdadeiro desígnio de servir Cabo Verde e o novo modelo de negocio da empresa visa transformar a RTC numa empresa moderna, eficiente e capaz de produzir e difundir conteúdos diversificados. A nossa visão é claramente empresarial e de futuro.

É normal a resistência a mudanças, mas creio que a nova geração de jornalistas que brevemente entrará no mercado saberá compreender e acompanhar melhor os novos tempos da empresa, fazendo também um trabalho de qualidade e totalmente independente como os jornalistas a sério sempre fazem. O futuro é dos que inovam e nunca dos conservadores.
RTC é de todos os cabo-verdianos e vai o ser cada vez mais!”

Margarida Fontes

“O ministro que tutela a Comunicação social, mas por devaneio pensa que é director de conteúdos da Rádio e Televisão Públicas, acaba de fazer ameaça de despedimento a “jornalistas conservadores”, ou seja, a jornalistas que respeitam o código deontológico da profissão, têm consciência profissional consolidada, e não se deixam intimidar pelo Sr. Ministro e seus acólitos. Para o seu governo, Sr. Ministro, os seus actos nunca provocariam resistência alguma, mormente desses jornalistas que o senhor teima em provar que não são a sérios. Saiba que uma profissão como o jornalismo não sobrevive sem o contributo da memória de diferentes gerações, em parte alguma. Mas o Sr. não se dá com o jornalismo, e nem se predispõe a reconhecê-lo valor, por isso agarra-se aos conteúdos. Daqui a algum tempinho (aquilo que lhe resta como ministro) poderá fazer as pazes com a informação, quem sabe!!! Quando contratar os novos jornalistas que em breve entrarão no mercado.(risos); Os novos que pode mandar manipular, e colocar a seu serviço.

Em todo o caso, desejamos-lhe boa sorte com o seu modelo de negócios da comunicação social – “uma visão claramente empresarial” – Nós continuaremos aqui, com a graça de Deus, na RTC, a assistir a derrocada final do serviço público da comunicação social em Cabo Verde. Uma tragédia da sua autoria. Mas não nos alonguemos mais, porque fogem-lhe os conceitos e neste mar o senhor mal sabe nadar. A ARC dará devido tratamento à sua ameaça.”

Conversations

comments

NO COMMENTS

Leave a Reply