About Us

The Leading Cape Verdean News Site | O Líder da Informação na Diáspora
Advertise With Us

Wednesday, 26 November 2014
Featured News - Ex-Líder da jPAI diz que “as ideias do candidato do PAICV para Mosteiros estão fora de prazo”

Follow us on

Google Picasa

Ebates Coupons and Cash Back

Banner
Upcoming Events
Fri Nov 28 @ 7:00PM -
Noite de Morna
Sat Nov 29 @ 9:00PM -
CV BOYS band & Jorge Neto di Brockton
Fri Dec 12 @ 7:00PM - 01:00AM
Jaasiel Sanca's album release
Sun Dec 14 @ 2:00PM - 05:00PM
3rd Annual Holiday Kids Bash & Toy Drive
Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
Classifieds

 
     
FORCV
Ex-Líder da jPAI diz que “as ideias do candidato do PAICV para Mosteiros estão fora de prazo”PrintE-mail
Tuesday, 22 May 2012
Written by FORCV

Lúcio Teixeira, Ex-líder da jPAI e militante do PAICV (Foto: Facebook)
Lúcio Teixeira, Ex-líder da jPAI e militante do PAICV (Foto: Facebook)

Lúcio Teixeira, Ex-líder da jPAI e Ex-delegado de Educação dos Mosteiros, não tem poupado o Presidente da Câmara dos Mosteiros Fernandinho Teixeira, com que uma conviveu de perto no passado.

Depois de ter chamado Fernandinho de “democrata de papel” na semana passada, o militante do PAICV voltou a carregar as baterias e acusou edil mosteirense de ser um ‘candidato com ideias caducadas’ numa extensa análise em Facebook publicado no Domingo, dia 20 de Maio.

O texto completo do Lúcio segue-se embaixo.

 

As ideias do candidato do PAICV para Mosteiros estão fora de prazo

(Por Lúcio Teixeira, in Facebook)

grafico%20de%20ciclo%20de%20marketing.jpg

Assim como qualquer outro produto, as ideias que sao vendidas por politicos tambem tem um ciclo de vida que pode ser previsto e gerido do ponto de vista de marketing. O grafico acima e apenas um exemplo de representacao das quatro fases de durabilidade de um produto: 1-Introducao (fase em que o produto e introduzido no mercado); 2-Crescimento (fase caracterizado por grande procura do produto); 3- Maturidade (fase em que o produto deixa de entusiasmar novos clientes e e, praticamente, adquirido repetidamente pelas mesmas pessoas); 4-Declineo (fase em as pessoas comecam a dar costas ao produto). A fotografia que mostra as pessoas dando costas ao presidente enquanto discura em zonas altas do municipio e a prova mais do que provada de que as ideias do candidato do PAICV ja nao fazem festa nos Mosteiros e, a julgar pelos sinais que temos captado na comunicacao social, o proprio candidato ja tomou a consciencia de que parte para estas eleicoes a perder.

O primeiro sinal e a negacao dos sucessivos erros de gestao camararia que conduziram Mosteiros a banca rota. A reviravolta mais notavel prende-se com a abordagem que o candidato do PAICV ora faz do sector turistico. Depois de 10 anos tratando o turismo como um sector de mera producao de lixo o candidato a sua propria sucessao se apercebe, finalmente, que para alem dos milhoes que Mosteiros perdeu por ter negligenciado as suas potencialidades turisticas, o nosso Concelho perdeu o capacidade de competir com os demais que, sabiamente, apostaram no sector. Em Sao Filipe, por exemplo, encontramos pequenas embarcacoes que levam turistas para passeios e experiencia de pesca nos nossos mares; encontramos taxis, hiaces e outras viaturas transportando turistas para zonas de interesse turistico do Concelho; encontramos, a noite, restaurantes cheios de turistas consumindo produtos locais; encontramos guias turisticas acompanhando os turistas, etc, etc. Quem ganha com essas actividades? Proprietarios de meios de transporte, comerciantes, pescadores, agricultores, artistas de todas as areas, proprietarios de pensoes, de hoteis e de restaurantes, agentes turisticos e todos que conseguem emprego nessa area. Mosteiros perdeu todas essas oportunidades porque o seu presidente acha que lixo e tudo o que temos a ganhar com o turismo. Pedro Centeio, pela sua formacao em Marketing e pelas suas propostas no dominio turisco, surge neste contexo como o candidato mais bem posicionado para dinamizar a nossa economia, criar empregos, combater a pobreza e fazer Mosteiros lembrar o tempo em que “mininu matxu ta brincaba ku dinheru na bolso”.

Um segundo sinal, e a tentativa clara do candidato do PAICV em fazer triunfar uma nova versao de democracia, que no fundo nao passa de um sistema ditatorial mascarado. Essa nova forma de democracia se afirma pela diabolizacao dos criticos, pela intimidacao dos mais vulneraveis, pela chantagem aos mais esclarecidos mas que dependem do poder publico para sustentar as suas familias, pelo ludibrio aos menos informados, pela compra de cosnciencia dos viloes e pelo desvio da atencao do debate politico sobre questoes essenciais como a pobreza e o desemprego que afectam as nossas gentes. Se depender do candidato do PAICV e das suas caixas de ressonancia, os mosteirenses vao acreditar que foi por obra do acaso que Mosteiros adequiriu a condicao de Concelho mais pobre de Cabo Verde e que e por inveja, odio e por outras razoes que so cabem na cabeca de ignorantes e que denunciamos a situacao periglitante em que vivem os nossos irmaos. Esta fase negra pelo que passa a nossa democracia, faz com que a candidatura independente de Pedro Centeio surja, mais uma vez, como a unica capaz de abracar todos filhos do Mosteiros independentemente das suas filiacoes partidarias e relancar Mosteiros para uma nova era de liberdade, de amizade e do amor. O nosso povo tem um coracao de ouro e merece um presidente que lhes crie espacos para exprimir as suas ideias, as suas paixoes, o seu amor e toda a sua fe em dias melhores. Mosteiros merece um presidente de espirito jovem e generoso, de ideias claras e que tenha Mosteiros como prioridade. 10 anos de defesa de interesses partidarios mesquinhos valeram-nos pobreza e vergonha. E tempo de darmos um basta neste estado de coisas.

O terceiro sinal, e o saque que o candidato do PAICV vem fazendo as realizacoes do Governo no nosso Concelho e que tem como proposito unico confundir os mosteirenses, em particular os emigrantes residentes nos Estados Unidos de America que, como e sabido, tem uma forte influencia juntos dos familiares residentes nos Mosteiros. Na verdade, o que o Sr Presidente pretende e a todo o custo, e que ignoremos o vergonhoso certificado de pobreza atribuido a sua gestao e acreditemos que ele e, apesar de toda a incompetencia, ainda e melhor do que o governo. Estariamos muito mal informados se nao soubessemos que o centro de saude dos Mosteiros, a electrificacao da “Zona Sul” do Concelho –Corvo, Achada Grande e Relva- das “Zonas Altas” – Cova Feijoal, Feijoal, Pai Antonio, Monte Barro e Cutelo Alto- e de Atalaia sao obras do Governo. Estariamos pior se nao entendessemos que uma camara endividada ate ao pescoco e dependente do Governo na ordem dos 80%, segundo as palavras do proprio presidente, precisa de reformas profundas e urgentes. Pedro Centeio e o candidato que, pela sua formacao, pelas suas propostas e pelo trabalho que tem feito em prol dos estudantes cabo-verdianos em Portugal, da mais garantias de poder potencializar os recursos do nosso Concelho, a comecar pela formacao dos nossos jovens que sao a nossa maior riqueza natural. Ha dias, um colega de escola dizia-me que Pedro Centeio fala com tranquilidade de quem ja e presidente e que faz lembrar Barack Obama quando enfrentou John McCain. Pedro Centeio fala ao nivel de quem sabe o que esta a fazer e demonstra conhecer Mosteiros muito melhor dos que nao se cansam de golfar o seu amor de conveniencia por Mosteiros. Tanto Pedro Centeio como Barack Obama sao pessoas bem formadas e a altura dos desafios a que concorrem.

Portanto, o Conselho de Sector do PAICV foi muito ingenuo em aprovar essa candidatura em declineo e, como se isso nao bastasse, criou as condicoes para que os homens fortes do partido fossem todos e de uma so vez parar a prateleira. Perante este jogo de campadres em que o PAICV/Mosteiros decidiu mergulhar, os mosteirenses terao, no dia 2 de julho, duas alternativas: votar no candidato do PAICV e se prepararem para afundar-se com mais pobreza e mais desemprego ou abracar Pedro Centeio que e o unico candidato que ainda apresentou uma proposta clara e consistente para retirar Mosteiros do buraco a que foi condenado pela gestao danosa que mosteiros conheceu nos ultimos 10 anos.



Share/Save/Bookmark
 
FORCV

FORCV

News and multimedia

Latest ArticlesMost Read Articles

Comments  

 
+1 #21 pp 2012-05-27 05:18
Oh Lucio bo bu sta ngatchado na Merca quem ki bu pensa ma bo é bem cv defende bu monagrafia bu cunsa manda boca bo se ca era Fernandinho cu Julio Correia ninguem ca ta concheba bo mal agradecido e convencido.
 
 
0 #20 Raiz de Mustero 2012-05-24 15:20
Este Lucio encontra-se desempregado e busca o que fazer de qualquer maneira.Quem nos Mosteiros abusava da viatura-UM pick-up truck branco do M.Educacao diariamente,par odiando,e prostituindo a olho nu?Quantas adolescentes nos Mosteiros foram abusadas por este Senhor?Haja lata!Sr.Lucio um homem sem caracter nao deve e nao pode incriminar outro,que arduamente trabalha para o bem dos Mosteiros.FERNANDINHO merece porque e trabalhador.Mosteiros nao tem lugar para chantagistas,ta rtufo,indesejad o,aliciador de jovens(menores de idade).Tenho prova e fotografias reveladoras do teu desempenho como delegao do ME nos Mosteiros.Foi uma miseria,e uma decepcao!
 
 
0 #19 Lucio Teixeira 2012-05-23 17:55
Es ka dam xanxi e por isso ki nsta mataz...mas ses tchumam nta torna ba e so es dam um xupeta pam mama, nta bala sima fogueti di fogo...mustero nkrebu txeu dimas, sima porco kre lama, por isso kim abandonabu nbem merca bem sinta na varanda ta conta carro...
 
 
+5 #18 Pedro Paulo Veiga 2012-05-22 21:23
Jo Rod, compreendo a sua preocupacao. Certo que o antonimo de pobre eh rico, mas jah que o rigor eh tanto, deve saber que o antonino de desenvolvido eh subdesenvolvido . Creio que seria erro classificarmos municipios de desenvolvidos e subdesenvolvido s, apesar do modismo de desenvolvimento medio de que deve ser apologista. Tudo bem, tem esse direito, mas nao acha que cairiamos no ridiculo, Jo? A verdade, a verdade mesmo, eh que existe pobreza em Cabo Verde. Mas nao devemos ficar surpreendidos com isso, uma vez que pobreza existe um pouco por todo o lado, incluindo nos paises desenvolvidos, o que nos consola um pouco tambem, nao eh Jo? Mas dizia que em Cabo Verde existe pobreza e, acrescento, existem PROGRAMAS DE LURA CONTRA A POBREZA. Penso que nisso estamos de acordo. Podemos nao estar de acordo eh com a distribuicao dos niveis da pobreza em diferentes municipios do pais e a relacao de influencia que a politica exerce sobre ela, ou melhor, o aproveitamento nefasto e imoral dos niveis elevados da pobreza nalguns municipios pelos respectivos politiqueiros para ganharem eleicoes. E nisso nao falaste, Jo, e suponho que deve ter as suas razoes. Preferiste abordar nuances da linguagem - pobre vs rico, mais desenvolvido vs menos desenvolvido - para despistar os incautos, que incidentemente eh a mesma tactica dos tais poliqueiros nos municipios mais pobres de Cabo Verde.
 
 
-4 #17 Jo Rod 2012-05-22 19:11
Sr.Fontesveiga!Nos ultimos tempos tem surgido uns "iluminados" e corajosos que entendem por bem falar de Municipios POBRES de Cabo Verde e que ate' com a ajuda de estatistica ja' conseguem,caso do Senhor Fontesveiga,dis tinguir o primeiro mais pobre,o segundo e imagine,o BRONZE vai para o PAUL.TUDO BEM!Mas se o sr. Fontesveiga categoriza de POBRES os ultimos 3 da lista,PORQUE e' que,os 4 primeiros,gover nados pelos VENTOINHAS,sao APENAS tidos e achados como DESENVOLVIDOS e nao,estando nos extremos opostos,conside rados de "OS MAIS RICOS"?Os nossos sao suficientemente pobres para serem considerados POBRES,mas os VOSSOS,tudo indica,nao sao suficientemente desenvolvidos para serem chamados de RICOS.Nao vos esqueceis que e' o PAIGC-CV o unico respensavel pelo pouco que se fez ate' hoje em Cabo Verde.E' imperativo que se deixe de falar de pobreza SO' DE UNS em cabo verde,porque ela e' o DENOMINADOR comum de todos nos,exceptuando os que conseguem comprar OVNIS,digo,LANC HAS QUE VOAM.O termo menos incorrecto a ser usado e':municipios menos desenvolvidos e mais desenvolvidos.Nao ha' ricos em terra de pobreza.
 
 
+3 #16 Samira 2012-05-22 16:22
Ha comentarios nesta pagina que fazem lembrar a idade da pedra. A continuar assim, o candidato do PAICV nao tera outro destino que nao seja o que o Sr Teixeira sugeriu com o grafico. Alo dirigentes "tambarinas". Mosteiros precisa ser amparado.
 
 
0 #15 Jose Nha Preta 2012-05-22 15:09
Na Brava é assim. Vergonha essa gente amarela.

http://www.youtube.com/watch?v=ji4iJ2E-mUo&feature=relmfu
 
 
+4 #14 monte casa 2012-05-22 13:27
o paicv ja nao serve a ilha do fogo e nem o resto do pais, precisa-se de ir ah oposicao por largos anos e voltar com uma estrategia nova e sustentata essa de defender a cor partidaria estah no fim.
 
 
+3 #13 monte casa 2012-05-22 13:22
estah sendo vergonha como os paicvistas defendem a politica eh mesmo uma vergonga, deviam preocupar com planos de desenvolvimento s do concelho antes de defenderem a cor politica do partido.
 
 
+2 #12 jaimemont 2012-05-22 11:47
Lucio tem razão dja sta bom de mintira de fernandinho,el ka tem condicoes nem pel da aula na EBI el sta bem distrui nos musteru,credo obi um entrevista de sel na televisao forte miseria ai povo de musteru ki pena
 
   

Advertise - About Us - Site Map - RSS

© 2005-2014 forcv.com - All rights reserved, USA.