Polícia de Brockton oferece coletes à prova de balas para Polícia em...

Polícia de Brockton oferece coletes à prova de balas para Polícia em Cabo Verde

by -

Agentes da Polícia Nacional irão receber 80 novos coletes à prova de balas para apoiar na segurança através de uma doação da Associação de Policiais de Brockton, estado de Massachusetts, bem como do governo dos EUA, através do Escritório Internacional de Narcóticos (INL) para questões de reforço da Lei do Departamento de Estado norte-americano.

O Embaixador dos EUA em Cabo Verde, Donald L. Heflin irá proceder à entrega destes coletes à Polícia Nacional, no próximo dia 14 de Julho, 6ª feira pelas 15 horas na Academia de Formação de Polícia Nacional, na Praia.

A Comunicação Social está convidada a participar na cobertura deste evento, aproveitando a oportunidade para conhecerem mais sobre esta doação.

Esses coletes são formados por armaduras tecnologicamente avançadas que ajudam a proteger as forças policiais de eventuais ferimentos, tal como tiros, no decorrer dos serviços de manutenção de segurança.

A Associação de Policiais de Brockton recolheu esses coletes para oferecer aos colegas agentes da Polícia Nacional como um gesto de solidariedade e amizade.

Nossos policiais viram uma oportunidade de melhorar a segurança oficial de uma organização com a qual partilham uma missão comum“, disse o oficial Bill Healy, Presidente da Associação de Policiais de Brockton. Embora estejamos separados por mais de 3.000 milhas, a Polícia Nacional de Cabo Verde protege grande parte da mesma população que servimos aqui em Brockton.”

O esforço da equipe para recolher e enviar os coletes contou também com o inestimável apoio do Presidente da Câmara de Brockton, Bill Carpenter, assim como do INL, do Departamento de Estado dos Estados Unidos que também ajudou no financiamento dos coletes de proteção.

Estou orgulhoso dos policiais de Brockton por se terem lembrado de seus colegas oficiais em Cabo Verde“, disse o embaixador Heflin. “Eu sei que existem muitos Caboverdianos-americanos na força policial de Brockton, mas isto não se trata apenas dos laços profundos entre Brockton e Cabo Verde, mas sobretudo entre policiais destes dois países. Nós precisamos de ter a certeza de que as pessoas que nos protegem também estão protegidas. Aproveito igualmente para Agradecer os meus colegas do Escritório Internacional de Narcóticos (INL) para questões de reforço da Lei do Departamento de Estado norte-americano pela generosa contribuição.”

Conversations

comments

NO COMMENTS

Leave a Reply